Corciolli

BIOGRAFIA

Corciolli nasceu em 1968. Começou seus estudos no piano aos 13 anos com Nair Tabet, discípula de Magdalena Tagliaferro. Em seguida, com Cacho Souza, aprofundou-se na arte da harmonização e improvisação do jazz e da música brasileira. Entretanto, foram os sintetizadores eletrônicos, com suas ilimitadas variáveis sonoras, que estreitaram de forma definitiva sua relação com a música e com a composição.

Formou-se em arquitetura sem deixar a música em segundo plano: Ao longo dos anos, tocou em diversas bandas, deu aulas e atuou como pianista solo, mas foi com o renomado baixista Celso Pixinga e logo após com o grupo de rumba-flamenca Espírito Cigano, que consolidou suas experiências musicais e profissionais. Em 1992, deixa o grupo para encontrar suas próprias melodias.

Um ano depois, inaugura a gravadora Azul Music, lançando o primeiro álbum solo All That Binds Us. Em 1995, foi a vez do álbum Unio Mystica, ousada suíte musical, gravada no mosteiro de São Bento, São Paulo, com cantos gregorianos, letras em latim, voz soprano e arranjos orquestrais. Aclamado pelo público e crítica, o álbum foi lançado em quarenta países e recebeu uma benção especial de Sua Santidade Papa João Paulo II.

Em seguida, se apresenta com os Monges Tibetanos de Gaden Shartse no Memorial da América Latina em São Paulo, gravando o álbum The New Moon of East, inédito encontro da tradição sagrada tibetana com a música de um compositor ocidental.

Como artista independente, conquistou notáveis feitos: Mais de 2 milhões de CDs vendidos; Participações em trilhas sonoras e coletâneas ao lado de artistas como Hans Zimmer, Vangelis, Enigma, The Alan Parsons Project, Sarah Brightman e Luciano Pavarotti entre outros; Realizou a produção musical de diversos artistas e coordenação de centenas de projetos para a Azul Music, incluindo 2 coleções de CDs para a revista Caras, que juntas, totalizaram 12 milhões de álbuns comercializados em bancas de jornais de todo o Brasil.

Em anos recentes, vem se dedicando à composição de trilhas sonoras para cinema, incorporando a linguagem dos sintetizadores às sonoridades acústicas e orquestrais; Sua música vem obtendo amplo reconhecimento – em especial nos Estados Unidos, onde possui cerca de 600 mil ouvintes na maior e mais prestigiada rádio internet PANDORA.

Música para se apreciar nos espaços silenciosos da alma.

“A música de Corciolli é feita para ampliar os sentidos, envolta em um ar de mistério”

BACKROADS MUSIC (US)


“Um inspirado melodista”

GAZETA MERCANTIL (BR)


“Corciolli é uma sinfonia em si próprio”

DAILYOM (US)


“Um dos poucos que consegue adaptar as características brasileiras de seu trabalho em um espírito universal da música”

JORNAL DO COMMERCIO (BR)


“Um pianista que toca a paixão”

IL GIARDINO DEI LIBRI (IT)


“Sua simbiose com os teclados é tamanha, que ele pode produzir todos os possíveis e imagináveis instrumentos: Todos sublimados com incrível veracidade”

ARTISTS AND BANDS (IT)